17 anos, pois é… O tempo passa tão rápido e nem damos por ele a passar. Quando reparamos mais um ano se passou, e depois dois, três e dezassete! 
Ainda me lembro dos meus tempos de criança, das asneiras que cometi, algumas mais parvas que outras, das brincadeiras, das histórias, das pessoas que conheci… Tantas memórias guardadas no coração. E a saudade, como ela aperta! Saudade essa que me inspira…
Que hoje seja um dia bom, para mim, e para vocês!